sábado, 19 de julho de 2008

"O Diabo veste Prada" de Lauren Weisberger


Resumo:
Andrea Sachs, acaba de sair da universidade e consegue um emprego fabuloso "pelo qual um milhão de jovens era capaz de dar a vida": é contratada como assistente de Miranda Priestley, a editora da mais famosa revista Runaway. No entanto, como assistente pessoal de Miranda, Andrea vê-se forçada a suportar toda uma série de abusos, realizando tarefas como encomendar-lhe o pequeno-almoço, tratar-lhe da roupa suja, fazer de motorista para a cadelinha buldogue francesa, preparar-lhe viagens... Resumindo, Andrea tem de estar disponível vinte e quatro horas por dia para atender aos seus pedidos, e, ainda por cima, sempre com um sorriso no rosto! Será que um ano de sacrifício, ao serviço de um "diabo" que veste Prada, não é um preço demasiado alto a pagar pelo emprego da sua vida?! Um livro hilariante, muito fashion!
----------------------------------------------------------------------------------
Biografia da escritora:
Lauren Weisberger cresceu na Pensilvânia e mudou-se para Nova Iorque depois de se licenciar para trabalhar como assistente na revista Vogue. Dessa experiência nasceu a inspiração para "O Diabo Veste Prada", romance de estreia da autora, publicado pela Presença nesta colecção.
----------------------------------------------------------------------------------
Comentário:
Este é um livro repleto de referências a designers, modelos, roupas e glamour, "O Diabo veste Prada" é um livro com um título de arrasar que poderá ser interessante para quem faz parte ou quer fazer parte da indústria da alta-costura. Ao abordar o mundo das editoras de moda de Manhattan, a escritora apresenta páginas e páginas de aulas de moda, condimentadas com uma pitada de frivolidade, pintando retratos realistas e espirituosos do dia-a-dia desse mundo pouco convencional. É uma história engraçada, mas para quem o começar a ler, não se entusiasmem demais.
Penso que Weisberger faz um excelente trabalho ao capturar o cosmos da revista, em que a cafetaria, por exemplo, parece uma clínica de disfunções alimentares, porém alguns elementos incoerentes tornam este romance impróprio para leitura: o facto de ser-se magra e alta ser a chave para a intriga do romance; o facto de Weisberger não permitir à sua personagem vingar-se de Miranda (ao receber uma foto comprometedora, rasga-a); o fim convencional.
----------------------------------------------------------------------------------
Anexo:
Em 2006, foi realizado o filme baseado no livro. "O Diabo veste Prada", é então uma comédia romântica, muito leve e primaveril, o filme ideal para ver num domingo á tarde. Conta com as participações de Meryl Streep e Anne Hathaway. Foi realizado por David Frankel e baseado no livro de Lauren Weisberger também com o mesmo nome.
Devo dizer que gostei mais do livro do que do filme.

2 comentários:

Flicka disse...

Vi o filme "O Diabo veste Prada" no cinema e gostei mais ou menos... É bom para se descontrair. Se dizes que gostaste mais do livro do que do filme é óbvio, os livros são sempre melhores e mais profundos. Eu devia ter feito assim: ler primeiro e depois ver o filme. Agora não dá, não consigo fazer ao contrário: ver filme e depois ler. Já sei a história. Enfim... :)

Porcelain.Doll disse...

Sem duvida um dos meus filmes preferidos. Não que seja excepcional ou algo do género, simplesmente gostei muito. Nunca li o livro, mas acredito que seja muito bom (os livros não conseguem ser maus, salvo alguns).