domingo, 29 de junho de 2008

"A um passo do abismo" de Mónica Sintra


Resumo:
... Este livro '' A um Passo do Abismo'' retrata uma história de uma adolescente fascinada desde muito cedo pelo mundo da música que sempre soube o queria para a vida. Mas não contava que a realização do seu sonho se fizesse acompanhar de um pesadelo longo e doloroso. Aos treze anos de idade e já inserida no meio artístico, exigente com a imagem, a pressão culminou com o aparecimento de uma anorexia a que se seguiria um processo de bulimia. Emagrecer nunca era demais. Ser magra significava beleza, aceitação e controlo sobre a própria vida. O relacionamento secreto com a alimentação e o corpo fez obscurecer todos os outros aspectos da sua vida, crivando-a de obsessões, vergonha e medo. Em "A Um Passo do Abismo" Mónica Sintra dá voz a um testemunho da sua luta contra uma doença que consome as suas vítimas em silêncio. Uma confissão sincera que pretende servir de ajuda a tantas e tantas pessoas que continuam a sofrer, longe dos pais, irmãos, amigos, namorados e maridos… Uma experiência pessoal carregada de informação sobre a prevenção e tratamento dos distúrbios alimentares e que propõe uma saída para as pessoas que dela sofrem. Um grito de alerta mas sobretudo uma mensagem de esperança sobre um problema que afecta solitariamente um cada vez maior número de pessoas.
----------------------------------------------------------------------------------
Biografia da escritora:
Mónica Sintra (Lisboa, 1978) é uma cantora portuguesa. Em 1992, pertenceu aos Jovens Cantores de Lisboa, e, nesse mesmo ano, participou num concurso musical do programa de televisão "Momentos de Glória", da TVI, onde obteve o primeiro lugar.
Presentemente continua a lançar álbuns de música portuguesa, a dar concertos e empresta ainda a sua voz a várias bandas sonoras televisivas.
A canção "Afinal havia outra" foi interpretada em versão inglesa pelo cantor David Fonseca a pedido dos Gato Fedorento e foi cantada na XXXVII Gala dos Tesourinhos Deprimentes.
----------------------------------------------------------------------------------
Comentário:
Bem, para ser sincera esperava mais. Quando soube que este livro tinha saido, corri o mais rápido que pude a uma Bertrand, e no entanto fiquei desiludida. De qualquer das maneiras gostei de saber como a escritora encarou a doença e a superou. Mónica Sintra conseguiu transferir perfeitamente os seus sentimentos para o papel. Recomendo a quem quiser saber mais acerca destas duas doenças: anorexia e bulimia. É sempre bom saber um pouco mais.

2 comentários:

Pedro disse...

Não me sinto nada empolgado por este livro. Não acho que seja um livro a ler, mas... Poderão ser gostos, ou apenas superstição, mas apenas o vejo como um livro que uma pessoa com alguma fama escreveu para ficar mais famosa. Como disse, talvez esteja a ser cínico, basta dizer que que não é o meu tipo de livro.

Anitah disse...

Eu vivo fora do pais e quando fui de férias a Portugal no verao comprei-o, eu adorei o livro, transmitia um sentimento verdadeiro de angustia em que a monica vivia quando era doente, recomendo a todos este livro, é interessante, recomendo tambem aos pais para o lerem, pois, a monica escreveu no livro as tacticas que ela utilizava para esconder a doença dos outros...

é simplesmente fantastico